Filme O Labirinto do Fauno

O Labirinto do Fauno

O Labirinto do FaunoProduzido com o entusiasmo de uma criança e a arte de um mestre, O Labirinto do Fauno, de Guillermo del Toro é um filme tão dedicado a fazer-nos sonhar que até mesmo a sua pontuação é uma doce canção.

Advindo de incontáveis fontes e uma vida de fascínio de gênero, a fantasia ricamente conceituada do cineasta mexicano cria uma nova mitologia pós-moderna e estabelece a imagem como marco do gênero. A presença pequena, mas impactante do autor no cinema moderno, é marcante, pois eleva o fantástico com visão, artesanato e narração pessoal.

No filme os protagonistas são extensões de si mesmo, crianças reais ou ostensíveis que, como em algum venerável conto de fadas, descobrem um mundo impossível ou aprendem que criaturas assustadoras realmente espreitam no escuro. E com cada novo conto, ele desperta a imaginação do espectador sem sacrificar a invenção ou autoridade dramática.

A história de Del Toro ocorre no ano de 1944, quando combatentes anti-franquistas usam uma floresta espanhola para se esconder e esperar que as forças aliadas liberem-nas. Detê-los é uma missão de das tropas de Franco lideradas pelo cruel capitão Vidal (Sergi Lopez). Um homem frio e sádico que é guiado por sua crueldade que vem de família.

Vidal  leva sua nova esposa Carmen (Ariadna Gil) e sua filha de 11 anos de seu primeiro casamento, Ofélia (Ivana Baquero) ao cenário de combate. Seu único interesse em Carmen é o filho ainda não nascido.  E ele pouco se importa com sua enteada Ofélia.

Á medida que suas investidas de ataque ao inimigo, falham, ele começa a suspeitar que alguém de seu meio, mantém o inimigo informado. A serva principal, Mercedes (Maribel Verdú), que desenvolveu um relacionamento com Ofelia, é esse alguém. Atua fornecendo  as forças rebeldes, antibióticos e inteligência.

Vidal permanece fixado no problema na gestação que Carmen leva. Problemas esses que poderiam custar a vida de seu sucessor. E chega a recomendar ao médico que apenas preze pela vida de seu filho. Não se importando muito com o destino de sua esposa.

Enquanto Vidal enfrenta sua batalha, Ofelia, um sonhadora natural e inocente, fica encantada pela floresta. Ela conhece um tipo de inseto que se revela como uma fada. Isso conduz a criança através das ruínas de um labirinto próximo ao seu primeiro encontro com o Fauno (Doug Jones). Que é uma criatura nascida de montanhas e terra, que tem intenções suspeitas.

O Fauno revela a Ofelia que ela é a Princesa Moanna do Reino do Subterrâneo, um vasto reino livre de dor e morte, e que, para voltar para casa, ela deve completar três tarefas antes da próxima lua cheia. Tarefas um pouco fora da normalidade que fazem a menina pensar. Mas no fim, não há muita alternativa.

Para sua primeira tarefa, ela deve escalar uma passagem enlameada de raízes para coletar uma chave importante de um sapo glutão. Em sua segunda tarefa, com a chave do sapo, ela deve entrar na cova de uma criatura horrível chamada Pale Man e destravar uma caixa segura e trazer de volta a adaga para dentro sem comer da mesa da criatura. A tentação de Ofelia prevalece, no entanto, e ela falha no Fauno, que, em consideração à morte de sua mãe, resolve dar-lhe outra chance.

Através de um cenário realista pontuado por histórias dramáticas, tragédia e violência, del Toro envolve a imaginação com o fantástico. Ao mesmo tempo, seu filme ressalta a importância da fantasia escapista através de uma triste representação do mundo real.

Trailer: